30.4.15

Mãezinha


MÃEZINHA

Quando o Pai Celestial precisou colocar na Terra as primeiras criancinhas, chegou à conclusão de que devia chamar alguém que soubesse perdoar infinitamente.

De alguém que não enxergasse o mal.

Que quisesse ajudar sem exigir pagamento.

Que se dispusesse a guardar os meninos, com paciência e ternura, junto do coração.

Que tivesse bastante serenidade para repetir incessantemente as pequeninas lições de cada dia.

Que pudesse velar, noites e noites, sem reclamação.

Que cantarolasse, baixinho, para adormecer os bebês que ainda não podem conversar.

Que permanecesse em casa, por amor, amparando os meninos que ainda não podem sair à rua.

Que contasse muitas histórias sobre a vida e sobre o mundo.

Que abraçasse e beijasse as crianças doentes.

Que lhes ensinasse a dar os primeiros passos, garantindo o corpo de pé.

Que os conduzisse à escola, a fim de que aprendessem a ler.

Dizem que nosso Pai do Céu permaneceu muito tempo, examinando, examinando... e, em seguida, chamou a Mulher, deu-lhe o título de Mãezinha e confiou-lhe as crianças.

For esse motivo, nossa Mãezinha é a representante do Divino Amor no mundo, ensinando-nos a ciência do perdão e do carinho, em todos os instantes de nossa jornada na Terra. Se pudermos imitá-la, nos exemplos de bondade e sacrifício que constantemente nos oferece, por certo seremos na vida preciosos auxiliares de Deus.
 FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER -PAI NOSSO -PELO ESPÍRITO MEIMEI

Video referente ao texto acima

Uma música que pode ilustrar esse texto de Meimei:


Mãezinha do Céu - Joanna
Mãezinha do céu, eu não sei rezar;
Eu só sei dizer: "Quero te amar"
Azul é teu manto, branco é teu véu
Mãezinha, eu quero te ver lá no céu (2x)

Mãezinha do céu, Mãe do puro amor,
Jesus é teu filho,
E eu também sou
Azul é teu manto, branco é teu véu
Mãezinha, eu quero te ver lá no céu (2x)

Mãezinha do céu, vou te consagrar
A minha inocência, guarda-a sem cessar.
Azul é teu manto, branco é teu véu
Mãezinha, eu quero te ver lá no céu (2x)

Mãezinha do céu, em tua proteção
Oh, guarda meus pais e a todos os meus irmãos!
Azul é teu manto, branco é teu véu
Mãezinha, eu quero te ver lá no céu (2x)

Mãezinha do céu, eu não sei rezar;
Eu só sei dizer: "Quero te amar"
Azul é teu manto, branco é teu véu
Mãezinha, eu quero te ver lá no céu
Mãezinha, eu quero te ver lá no céu.

Atividades

Fazer cartões para homenagear as mamães!
Sugestões:



Nesse link tem outros cartões para colorir:  http://diadasmaes.blog.br/imagens-dia-das-para-maes-colorir/


Vamos aproveitar e usar a criatividade! As mamães merecem!







23.4.15

A grande maravilha do amor

Isabel deu um abraço bem carinhoso na vovó e perguntou:

- Como é vovozinha, vai cumprir com o prometido hoje?
- Claro minha querida – disse a vovó dando um beijo cheio de ternura na bochecha rosada da netinha.



Disse que iria contar mais uma bela história de Jesus. Antes pediu a netinha que buscasse um mapa que estava em cima da mesa.
-Veja minha netinha. Aqui está um mapa da Palestina na época de Jesus.



Disse á ela que a Palestina era dividida em três partes: ao norte ficava a Galiléia, onde ficava Nazaré terra dos pais de Jesus; Caná, e Cafarnaum lugar onde Jesus buscou seus discípulos. Mais abaixo encontrava uma grande cidade...
-Samaria – adiantou Isabel, apontando o dedinho.
-Isso mesmo! Agora ao sul encontramos Jerusalém onde Jesus foi crucificado.
Isabel estava ansiosa pela história.
-Muito bem, a história que vou contar passa-se em Cafarnaum. Nessa cidade Jesus viveu os melhores dias de sua vida, em companhia de alguns discípulos, entregue ao trabalho de carpinteiro, enquanto os colaboradores refaziam as energias perdidas em suas viagens feitas pela Palestina. Cafarnaum era pequena e seus habitantes gente humilde, em geral pescadores.


Certo dia Jesus subiu até montanhas próximas. Pedro ficara para trás auxiliando as pessoas que viriam de vários lugares transportando-as de barco pelo Mar da Galiléia. Algumas horas depois chegaram até Jesus, no alto da montanha, cinco mil pessoas – crianças, velhos, moços, mulheres. Todos queriam ouvir as palavras de Cristo naquele momento de profunda revolta para seus corações.
-Revolta?! Por que vovó?
- É que João Batista havia sido assassinado. E aquela multidão vinha do seu enterro, em Betsaida.

Segundo a narração do Evangelho de São Lucas, João Batista era filho do sacerdote Zacarias e Isabel, prima de Maria, mãe de Jesus. Foi profeta e é considerado, principalmente pelos cristãos ortodoxos, como o "precursor" do prometido Messias, Jesus Cristo (Wikipédia).

Jesus levantou-se. Sua figura impressionava pela sua calma, harmonia, mansuetude. Começou a falar. Sua voz entrava nos corações cheios de ódio, como um raio de luz tocando a escuridão. Pouco ao pouco as expressões duras e sérias das pessoas foram se acalmando. O Mestre falava sempre, apontando a necessidade de paz nos corações, que se faria presente pelas mãos caridosas do perdão.



 Era hora de se libertarem sim da escravatura, não dos romanos que causava tantos sofrimentos á todos, mas a libertação de mil e um pequenos defeitos que escureciam os corações dos ouvintes. Suas palavras eram como uma brisa suave que fizesse passar o calor do deserto. Falou durante horas enquanto todos ouviam calmamente sentados na relva aos seus pés. 
A noite chegou quando Jesus terminara de falar. As pessoas estavam mais animadas, sem espírito de vingança, mas sentiam fome. Como não tinham o que comer os discípulos de Jesus ficaram preocupados. Que fariam?
Jesus disse: “daí vós de comer á multidão”.
Pediu que procurassem alguma comida no meio da multidão. Encontraram um rapazinho com um cesto contendo cinco pães e dois peixes.
Jesus pegou a cesta e começou a dividir os pães e os peixes dentro do cesto sob os olhares curiosos dos discípulos.

-Reparti agora para todos.
Pedro e os outros companheiros conseguiram distribuir para toda aquela gente...


-Cinco mil pessoas vovó?! Como se explica isso?
-Jesus era um grande conhecedor da natureza. Sabia manipulá-la e seus elementos de uma forma que nós ainda não conseguimos entender. Ele tinha um poder de usar as energias da natureza de um jeito que só ele conseguia.
-Puxa vida! Mas que trabalho hein vovó?
-Sim, filha. Um esforço que só o amor pode justificar.
E outra história hein vovó?
Bem outra história vai ficar para outro dia!


(texto com livre adaptação do conto de mesmo nome e parte do conto “outra cura de Jesus”, do livro:  Escuta, meu filho!)

Viram crianças? Com o amor que Jesus tem, conseguiu fazer com que o pouco virasse o suficiente. Nós devemos aprender mais essa lição: o amor multiplica!



16.4.15

Jesus levanta Sharon

 Trabalhando o livro "Escuta meu filho".
Este livro psicografado pela médium Corina Novelino, pelo espírito de Aura Celeste, apresenta várias histórias inspiradoras da vida de Jesus, onde uma vovó conta essas histórias para a netinha, tornando o livro ainda mais encantador ás crianças.


Cada aula contarei uma história com o auxílio de ilustrações. Segue a primeira:

Jesus levanta Sharon
A bondosa vovó chamou Isabel para contar-lhe uma história daquelas que ela tanto gosta: uma história de Jesus. 
Batendo palmas a garota de 8 anos aninhou-se nos braços carinhosos de D. Clara:
-É uma história bem interessante filhinha. É a história de uma menininha muito linda mais ou menos de sua idade. Seus jovens pais possuíam uma posição de destaque na cidade que viviam. Costumavam receber pessoas importantes da Galileia em sua casa.

Mas eles eram simples de coração se sentindo muitas vezes constrangidos em lugares onde predominavam a mentira, a falsidade, o luxo excessivo.
Certa vez, sua filhinha apareceu doente. Primeiro uma febre forte, depois ficou bem fraquinha...
Naturalmente os pais ficaram muito preocupados. Procuraram os melhores médicos para tratá-la, porém de nada adiantou.
O pai da criança se viu obrigado a procurar o templo religioso que seguia, para orar. Era uma manhã radiosa. Ele precisava de alguma luz para seu coração conturbado e triste. Quem sabe Deus teria misericórdia de sua filhinha e a curasse!
No caminho encontrou Jesus quem ele já havia recebido certa vez em seu lar numa tarde muito memorável. 

Puseram-se a conversar sobre problemas do espírito. "A palavra do mestre caía no coração do jovem pai como a chuva fresca molha a terra seca no verão." O moço aflito recebia cada palavra com respeito á sabedoria de Jesus. Nunca sentira como naquele momento, tão necessitado de conforto, de compreensão, de equilíbrio no coração amargurado.
Precisava entender os motivos que levara Deus a proporcionar tanta dor á um de Seus Anjos...Se Ele queria castigar a ele e á esposa, por que não o fizera de maneira direta, deixando-os doentes?
Jesus ouvia o moço com interesse e atenção. "Nos seus olhos mansos haviam compreensão e piedade".
Jesus explicou á ele que Deus sabe o que faz pois Ele é infinitamente justo e misericordioso.
Naquele momento, um grupo de pessoas foram ao encontro dos dois. Um senhor acabou dizendo: - Jairo, sua esposa o chama pois sua filha acaba de morrer!

A notícia abalara muito o rapaz. Suas pernas bambearam e só não caiu porque Jesus disse: - Não te preocupes. Sua filha ainda vive, Jairo.
-Vamos então até minha casa. Peço-vos que vejais minha Sharon...
Em pouco tempo, Jesus e seus discípulos chegaram á bonita residência de Jairo, em Cafarnaum.
Jesus pediu ao grupo que enxia o quarto da menina, no desejo de ajudar á família, que se afastassem. Ficou apenas o Mestre, os discípulos e os pais da menina.
Jesus aproximou-se da menina. Ela estava pálida, imóvel e seu coração parecia não bater.
A "mão do Cristo tomou as mãozinhas frias de Sharon. Seu espírito se entregou inteiro á oração e foi transmitido, àquele corpinho gentil, generosas doses de magnetismo benéfico". 
O coração da menina voltou a bater. Seu rosto voltou a ficar corado e sua boquinha entreabriu num sorriso.
E a menina foi a primeira á falar entre as pessoas emudecidas:
-Mamãe!
Estava salva.
imagens do site: http://projetopenochao.blogspot.com.br/2011/02/aula-sobre-o-passe-jesus-levanta-sharon.html

                                                                  ...

 -Que história legal vovó!
 -Você gostou querida neta? Amanhã teremos mais... E um beijo cheio de ternura selou a promessa da vovozinha...
{História adaptada do livro Escuta meu filho! ( lindos contos de Jesus ) Editora Lake 2ª edição}

Essa história mostra Jesus curando através do passe magnético mostrando assim o poder da oração, da fé e como Jesus é um Espírito Evoluído.

Atividade

Pintar a ilustração  que conta essa história:




9.4.15

Cuidando do corpo e da alma

Quando lembramos a história de Jesus, uma frase sempre vem á nossa cabeça:
"ama ao próximo como a si mesmo"
É a maior lição que Jesus nos deixou. Devemos amar ao próximo assim como nós nos amamos.
Nós nos amamos quando cuidamos de nosso corpo e nossa alma.

Cuidados com o corpo

Cada parte do nosso corpo precisa ser bem cuidada para evitarmos doenças e mal estar.
Lavar as mãos: todos sabem lavar suas mãos corretamente?
Lembram dessa musiquinha?



(Arnaldo Antunes)
Lavar as mãos
Uma
Lava outra, lava uma
Lava outra, lava uma mão
Lava outra mão, lava uma mão
Lava outra mão
Lava uma

Depois de brincar no chão de areia a tarde inteira
Antes de comer, beber, lamber, pegar na mamadeira
Lava uma (mão), lava outra (mão)
Lava uma, lava outra (mão)
Lava uma

A doença vai embora junto com a sujeira
Verme, bactéria, mando embora embaixo da torneira
Água uma, água outra
Água uma (mão), água outra
Água uma

A segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira
Na beira da pia, tanque, bica, bacia, banheira
Lava uma mão, mão, mão, mão
Água uma mão, lava outra mão
Lava uma mão 
Lava outra, lava uma

Escovar os dentes. Todos sabem escovar os dentes direitinho?

(Utilizando uma falsa boca poderemos mostrar melhor para as crianças! Vejamos os exemplos a seguir:)

Cartolina e embalagens de iogurte ou caixinha de ovos

feito com E.v.a
Tomar banho: é preciso se lavar direitinho: axilas, partes íntimas, cabeça e pés principalmente!
De preferência desligue o chuveiro ao se esfregar!

Além da higiene com nosso corpo, devemos tomar cuidado com o que comemos, para fortalecer nossos corpinhos evitando a entrada de doenças. Isso conseguimos comendo coisas saudáveis nas horas certas, mastigando muito bem e bebendo bastante água filtrada!

Frutas, proteínas, legumes e verduras!!!

Além de cuidar da saúde do corpo por fora e por dentro, não podemos de esquecer do mundo ao nosso redor. De que adianta cuidar de lavar as mãos, tomar banho, cuidar da saúde se por onde passa for deixando sujeira? Faz parte dos bons hábitos de higiene:
  • Jogar lixo no lixo,
  • dar descarga e tampar o vaso sanitário toda vez que usar,
  • fechar a torneira enquanto não estiver usando...
São coisas simples que beneficia todo mundo!


Cuidados com a alma

Para terminar, precisamos cuidar da alma também. Como?


  • Coisas que nos trazem paz, nos acalmam e nos fazem ter bons pensamentos serão bem vindos!
  • Evite filmes e programas que só falam de coisas ruins. 
  • Procure não brigar nem xingar - se estiver nervoso é melhor ir para algum lugar quieto e se acalmar.
  • Quando tudo parecer difícil, lembre-se de conversar com Deus. E lembre-se que no mundo existem outras pessoas com dificuldades, mas que conseguem superar com alegria e força de vontade.

Só assim conseguiremos aprender a lição que Jesus nos deixou!

Atividade:
Vamos pintar alguns cuidados com o corpo e com a alma?




2.4.15

A Páscoa de Jesus

A Páscoa na visão espírita representa um momento de reflexão para a vida eterna. Sendo assim nossa responsabilidade diante do mundo, de nossos irmãos que nos rodeia é ainda maior. Lembremos do ensinamento maior de Jesus: "Amar ao próximo como a si mesmo" e sigamos passo a passo nosso caminho rumo á evolução...

Hoje foi um dia de festa para as crianças da evangelização e da comunidade que frequenta o Viva Vida Kardec. Começamos o dia perguntando sobre o entendimento de cada um sobre a Páscoa. Em seguida assistimos juntos um desenho que ilustra essa última semana de Jesus na Terra:
A maior das aventuras

Em seguida fizemos brincadeiras valendo chocolates.

Segue abaixo o link das brincadeiras que usamos.

Outras sugestões de brincadeiras:


As crianças amaram! 
E nós também...
Feliz Páscoa!