27/09/2012

Chico Xavier


Perguntar ás crianças quem conhece ou já ouviu falar em Chico Xavier?Depois de ouvi-las contar sua história de forma resumida, Mostrando ilustrações.

Francisco Cândido Xavier, mas conhecido como Chico Xavier, nasceu em Pedro Leopoldo, Minas Gerais em 2 de abril de 1910.
Seus pais eram João Cândido Xavier e Maria João de Deus.Sua mãe desencarnou quando ele ainda tinha 5 anos de idade.
Desde os 4 anos via coisas... Mas achando que era errado rezava muito, conforme lhe ensinaram.
Era um menino muito bom, incapaz de falar palavrões, ou desobedecer.Mas nunca deixou de ver as pessoas que os outros não viam...


Passou a ver e a conversar muito com sua mãezinha.Ela estava sempre ao seu lado, lhe apoiando e orientando.
Começou a trabalhar cedo pois sua famíia era pobre e imensa - tinha oito irmãos!
Também sempre teve saúde frágil: pulmões, depois os olhos.Mas isso não o derrubava...
Aos 17 anos começou a psicografar (explicar as crianças esse tipo de mediunidade, onde o médium "empresta" a mão e o braço para o espírito escrever sua mensagem).Tomou conhecimento do seu mentor e guia espiritual Emmanuel.


A partir de então Chico passou a dedicar sua vida ao espiritismo e aos necessitados.

  • Todas as obras psicografadas por Chico foram revestidas ás Instituições de Caridade.Ele não usufrui nenhum centavo pelas obras pois dizia que só era a caneta, quem escrevia eram os espíritos.

  • Desencarnara em 30 de Junho de 2002.Um tempo antes, Chico, que já sabia que seu desenlace estava próximo dizia que queria ir embora num dia bem alegre.No dia que ele falacera, o Brasil comemorava a Vitória da Copa.

  • Foi Eleito esse ano (2012) o Maior Brasileiro de Todos os Tempos - Concurso feito pela rede de tv SBT, por voto popular.

  • Sua história é tão importante pelos exemplos de seu caráter que virou livro, pelo jornalista Marcelo Souto Maior, e filme produzido por Daniel Filho.




Atividade:
Entregar um desenho de Chico para as crianças pintarem.


     

20/09/2012

Allan Kardec - sua história

Lembrar que nossa Casa Chama-se Viva Vida Kardec em homenagem ao próprio Allan Kardec.
Contar resumidamente sua história utilizando figuras, fantoches e ou maquetes.
(Aqui  já foi postado sua biografia:  Allan Kardec .)
No nosso caso, fiz um livreto com a história resumida mostrando as figuras.

O menino Hipollyte

 
Lugar onde Hipollyte estudou dos 12 aos 19 anos


Hipollyte jovem: aos 25 anos


Kardec e esposa (Amélia Gabrielle Boudet)

 
Depois de contada a história explicar ás crianças que a maior lição obtida por Kardec, é a importância de ajudarmos o próximo:Caridade.Com sua caridade Pestalozzi deu exemplos de doar ao próximo não só o básico á sobrevivência, mas também (e mais importante) o conhecimento.
Com o exemplo de Pestalozzi, Allan Kardec ajudou outros estudantes e continuou alimentando sua busca pelo conhecimento.Assim. tornou-se um homem conhecido por seu bom coração, respeitado por todos, dando assim espaço e para o surgimento do Espiritismo.
Essa era a missão de Kardec: vivenciar o amor ao próximo e mostrar que nossa vida é muito mais do que se imaginava.

Atividade:
Escolher uma parte da história de Kardec e ilustrar. No nosso caso, escolhemos desenhar o castelo de Pestalozzi.

13/09/2012

As qualidades dos outros


Lembrar as crianças do que foi conversado na aulinha Qualidades Pessoais.
Além de ressaltar nossas qualidades, também é necessário valorizar as qualidades dos outros para incentivar cada vez mais pessoas a fazer o que é certo.

Realizar com as crianças a seguinte dinâmica:

Entregar uma folha de revista para cada criança.
Pedir para que cada uma amasse o máximo que puder.
Depois de todos terminarem,pedir para desamassar e deixar como estava.
Ninguém conseguirá...

Comentar:
Essa folha representa nossas palavras; uma vez ditas não podem ser concertadas.Por isso devemos ter cuidado com as palavras que usamos para falar de alguem, ou com alguem para não machucá-las, pois poderão deixar marcas muito profundas...
Muitas vezes enxergamos muitos defeitos numa pessoa e muitas qualidades em nós mesmos.Até que um dia descobrimos que o amigo tem muitas qualidades e nós muitos defeitos...

Contar a história Amizades de Roque Jacintho (do livro Prece e Amizades):


(Resumidamente, é a estória de dois cãezinhos:Chang, um piquenês de focinho arrebitado que se achava melhor que os outros e Brinquinho, um cãozinho vira-lata que que vivia querendo brincar com seu primo Chang, mas nunca conseguia.Até que um dia Chang aceitou o desafio de uma Raposa mal intencionada e mergulhou no lago próximo.Brinquinho que já tinha notado a presença da Raposa e viu tudo, mergulhou e salvou Chang.Daí em diante tornaram-se amigos e Chang percebeu que a qualidade de seu simples amigo.)

Depois de lida a estória comentar com as crianças:

Como era o cachorrinho Chang?
Como era o Brinquinho?
Por que Chang não queria ser amigo de Brinquinho?
Por que Chang entrou na água sem saber nadar?
Quem ajudou Chang?
Quem teve a melhor atitude?

As crianças devem tirar da estória o verdadeiro valor da amizade, e comparar com a lição que comentávamos.

Atividade:
Ilustrar a estória que foi contada.

06/09/2012

Qualidades pessoais

Vocês já repararam que ninguém é perfeito né?Mesmos as pessoas mais legais sempre tem um defeitinho...

E nós?

Fazer a seguinte dinâmica:
Desenhar as duas mãos  num papel.
Escolher uma das mãos para escrever as qualidades e a outra os defeitos.
(Dar um tempo pra fazer).
Comentar essas características  que foram relatadas.

Viram como é difícil encontrar as nossas próprias características?

É mais fácil falar as características dos outros...
Explicar que é importante descobrirmos quais são nossos defeitos e quais as nossas qualidades para podermos desenvolver cada vez mais e corrigir nossos defeitos.

E por falar nas características dos outros, repararam como também é mais fácil falar dos defeitos dos outros do que das qualidades?

Fazer mais uma dinâmica:
Dividir a turma em dois grupos (ex: azul, amarelo).Formar um círculo, intercalando o grupo.
Num papel cada um deve escrever uma qualidade própria e entregar para o colega do lado direito (que será do outro grupo).
Marcar um tempo ( +ou - 10 min.)
Separar os dois grupos.Cada participante deverá fazer mímica para o grupo descobrir  qual é a qualidade do colega (do outro grupo).
Ganha o grupo que acertar mais qualidades.

Além de ressaltar nossas qualidades, também é  necessário valorizar as qualidades dos  outros para incentivar cada vez mais pessoas a melhorarem.

Em seguida cantar a música Cativar:

http://letras.mus.br/grupo-arte-nascente/329795/