Maternal - brincando de casinha

Hoje tivemos uma aula diferente da que estamos acostumados. Hoje, noventa por cento das crianças eram de idade equivalente ao maternal ( menores de 4 anos de idade). Então tive que mudar os planos e fiz uma aula específica para eles: Os acima de 5 anos - os que preferiram - ficaram desenhando. Os maiorzinhos que estavam acima de 8 anos (só dois) desenharam e  foram meus auxiliares.

Foi bem divertido. Vejam só como ficou:
"Antes de começar a 'brincadeira' vamos conversar com Papai do Céu? Quem conversou com ele hoje? Então todo mundo juntando as mãozinhas e fechando os olhinhos para conversar com Papai do Céu":

Obrigada pela minha família
Obrigada pelos meus coleguinhas
Que hoje tenhamos um dia feliz
Pai nosso...
(Que bonitinhos! Quando abri os olhos todos estavam em silêncio, de olhinhos fechados e com as mãozinhas postas em prece...)

Depois da prece, pegamos os brinquedos de casinha e fazendinha, os bonequinhos e bichinhos e fomos brincar. Eu direcionei: "Olha a casa que linda! Vamos juntar toda a família?" 
E todas as criancinhas se movimentaram para formarem suas famílias e arrumarem as casinhas com mobílias, panelinhas, bonequinhos...


"Agora vamos fazer comidinha para a família? Estão com fome e precisam se alimentar. Que bom ficar todos juntos para comerem não é?"
Mais uma vez elas se movimentaram para fazer as comidinhas (nessa hora hora, todo brinquedinho que cabe nas panelinhas vira comida!). Devemos deixar elas livres: escolherem seus utensílios, arrumarem do seu jeitinho e observar como lidam uns com os outros. Aproveitar esse tempo para ensinar que precisamos compartilhar os brinquedos, devemos ser amigos uns dos outros e tratá-los com carinho.

"Muito bem! Agora vamos colocar os bebês para dormir?" Cantar musiquinhas, ninar os bonequinhos. Dessa forma percebemos como eles costumam ser carinhosos com os bonequinhos. Até fazem "shhh" para os coleguinhas! Uma forma bem agradável de constatarmos como suas mamães os tratam...

Continuando: "Agora vamos levá-los para passear"
E nisso a brincadeira pode ir sendo desenvolvida. A evangelizadora ( o evangelizador), deve ter sensibilidade para aproveitar o momento da brincadeira para ensinar boas atitudes, é interessante entender um pouco da psicologia infantil nessa idade.

Entenda um pouco:


Foi uma aulinha especial muito gratificante. Espero ter colaborado no aprendizado espiritual desses pequenos coraçõezinhos...


Quer saber mais sobre Evangelização de bebês? Entre nesses links:

http://gfiwernner.wordpress.com/2010/12/10/seara-edicao-extra-e-evangelizacao-de-bebes/

http://casaespiritaeuripedesbarsanulfo.wordpress.com/evangelizacao-de-bebes/
Leia o livro: