06/03/2012

Os dois filhos

Contar a história que Jesus contou sobre os dois filhos (mateus, 21:28-32)


Um homem tinha dois filhos que vivam com ele numa terra onde possuíam  uma vinha (plantação de uvas).
Certo dia o pai disse ao mais velho:
-Meu filho, hoje não irás ao mercado da vila pois já fiz as compras necessárias.Vai trabalhar na vinha.
O rapazinho que era considerado modelo de menino educado, pela maneira que tratava as pessoas, falou com delicadeza ao pai:
-Sim, meu pai, eu vou.
Porém, não foi.Queria mesmo ter ido ao mercado ver os amigos Joel e Davi e não colher cachos e mais cachos de uva.Ficou chateado com o pai mas preferiu fingir que iria obedecer ao pai para não aborrecê-lo.
No mesmo momento, o pai também chamou o filho mais novo que era considerado o desobediente da casa.Todos chamavam de "pestinha".O pai disse-lhe:
-Meu filho, não precisará acompanhar seu irmão ao mercado hoje pois as compras já chegaram.Vá trabalhar na vinha.
O menino que era muito impulsivo(agia sem pensar) respondeu muito bravo:
-Eu, não...Não quero trabalhar na vinha...
E correu.Mas, depois, em seu quarto,pensou em como tinha sido bruto com seu paizinho tão amigo, arrependeu-se, volto pra sala e pediu-lhe perdão.E foi, com a consciência limpa colher as uvas.(adapt. Histórias que Jesus contou - Clóvis Tavares)


Em seguida perguntar :
Qual dos dois filhos foram corretos?
Deixar as crianças responderem.


Explicar o que Jesus quis dizer com essa história:
Existem pessoas que, na nossa frente, parecem corretas, educadas,  boas.Mas, longe de nós, não se importam com ninguém, só com elas mesmas.Essas pessoas não são verdadeiras.Não seguem então as leis de Deus:"amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo".
Também existem outras que são impulsivas e acabam agindo errado, mas se arrependem quando percebem o erro e voltam para pedir perdão e fazer o que é certo.Essas sim, estão seguindo as Leis de Deus.


Jesus contou essa história porque, já no seu tempo,haviam pessoas que aparentavam ser boas mas no coração não eram e ainda julgavam as pessoas que erravam, mesmo se elas se arrependessem depois.
Então, guardem a lição crianças:Não somos certos sempre, mas quando erramos devemos nos arrepender  e passar a agir corretamente, conforme as Leis de Deus.


Atividade:
Utilizando e.v.a ou cartolina, ou  papel fantasia, através de colagem montar um lindo cacho de uvas abaixo dessa frase: