Allan Kardec

Perguntei ás crianças:
Vocês sabem que nossa casa chama-se Associação Viva Vida Kardec. Mas vocês sabem quem é Allan Kardec?
Deixei  as crianças  responderem o que elas achavam. Em seguida mostrei sua foto e contei sua história.

A Doutrina Espírita foi organizada por um
francês chamado Denizard Hyppolite Léon Rivail,
que adotou o nome de Allan Kardec.
Ele nasceu em 03 de outubro de 1804, na
cidade de Lião, na França.
Era um homem muito inteligente, estudioso,
pesquisador, falava muitas línguas, escreveu
diversos livros e era professor de várias
disciplinas.
Em 06 de fevereiro de 1832, casou-se com a
senhora Amélie Gabrielle Boudet, nascida em 23
de novembro de 1795.
Ela era uma mulher culta, inteligente, autora
de livros e também professora.

O casal não teve filhos.

Em 1854, Allan Kardec ouviu falar, pela primeira vez, nas mesas girantes. A Europa e muitas outras
regiões viam-se envolvidas por estranhos fenômenos. Só se ouvia falar, por toda parte, das mesas
girantes, que se moviam em diversas casas e salões e, inclusive, respondiam a perguntas por meio de
pancadas.

Como pesquisador e estudioso, Allan Kardec se pôs a examinar tais fenômenos, descobrindo
que eram provocados por inteligências invisíveis (os espíritos), através de uma faculdade inerente ao
ser humano, que ele chamou de “mediunidade”. Pesquisando os fenômenos mediúnicos, Allan Kardec recebeu muitas informações dos espíritos sobre o chamado “plano espiritual”.
Organizando os ensinamentos que lhe foram transmitidos por uma série de espíritos superiores,
Allan Kardec publicou, em 18 de abril de 1857, “O Livro dos Espíritos”. Com a publicação desse livro, nascia a Doutrina Espírita, também chamada de Espiritismo, sendo, portanto, o conjunto de ensinamentos transmitidos pelos espíritos superiores a Allan Kardec.
 Até o final de sua vida, Allan Kardec trabalhou muito, organizando e divulgando o Espiritismo. Ele
publicou cinco livros que constituem a chamada “Codificação Espírita”:

- O Livro dos Espíritos (1857)
- O Livro dos Médiuns (1861)
- O Evangelho Segundo o Espiritismo (1864)
- O Céu e o Inferno (1865)
- A Gênese (1868)

Allan Kardec desencarnou em Paris, na França, em 31de março de 1869, aos 65 anos, em
decorrência da ruptura de um aneurisma, tendo sido enterrado em 02 de abril. Sua esposa viveu até
1883, ano em que, a 21 de janeiro, desencarnou na idade de 89 anos.
(Apostila Estudando o espiritismo com a turma do Dequinho)

Depois de explicar sua história e esclarecer porque o homengeamos, pintamos!


e cantamos!

Allan Kardec, o codificador (Clésio Tapety)

  Intro.: G C G D
G C
Quando aquele homem nasceu
G C
Veio com uma missão
G C D G C G D
De nos trazer a obra da Codificação
G C
Era grande professor
G C
Denizard Hippolyte Léon Rivail
G C D G C G D
Da missão de educar ele nunca fugiu
G C
O Espiritismo ele revelou
G C
Doutrina de luz e amor
G C D G C
Virou, então, Allan Kardec, o Codificador
G C D G C
Obrigado, então, Allan Kardec, por nos ensinar o amor
G C D G C G D G
Obrigado, então, Allan Kardec, nosso professor