Pai nosso 7 - Não nos deixeis cair em tentação

Perguntar ás crianças:
O que significa tentação?
Depois de ouvir suas opiniões contar algumas situações:

1º: Aninha está muito gripada. Seu médico proibiu-a de tomar alimentos gelados. Seu irmão chega em casa com um pote de sorvete de flocos (o seu favorito) de 2lt...

2º: Raul está brincando com seus coleguinhas no parque da escola. Quando toca o sinal todos correm para a sala de aula. Ele percebe que um dos colegas esqueceu um carrinho -daqueles que ele é doido pra ter- no parque...

3º: Dona Maria estava indo ao mercado quando percebeu que uma moça bem apressada deixou cair R$ 50,00 do bolso de trás da calça. Dona Maria pegou a nota...



Vamos refletir sobre essas situações.
Nessas três situações as pessoas se encontram diante de algo que  os atrai: o sorvete preferido, o brinquedo desejado o dinheiro fácil. Nas três situações não há ninguém vendo, ninguém que os impessa de ter o que eles querem. O que vocês acham que eles devem fazer?
Depois que as crianças comentarem explicar: Nos três casos as personagens estão tentadas para pegar o que não deve. Em vários momentos da vida passamos por situações semelhantes e somos testados para fazermos o que é certo.
Tentação é um estímulo ou indução a um ato que pareça atraente, ainda que seja inapropriado ou contradiga alguma norma ou convenção social sendo, consequentemente, proibido. A definição de tentação pode ser aplicada a uma ampla gama de ações (por exemplo, o desrespeito a uma restrição alimentar, a trapaça, a ostentação de artigos de luxo, a procrastinação.(wikipédia)
 Na prece de Jesus, ao pedir a Deus "não nos deixei cair em tentação" estamos pedindo á Deus que nos ilumine para tomarmos as decisões certas.
Exemplos de tentação: gula, preguiça, mentira, roubo, etc.
Sempre que estivermos tentados a fazer algo que não é certo, lembremos dos conselhos do apósto Paulo:
"Nós somos os soldados de Jesus que estamos em batalha aqui na terra ,  nessa batalha somos atacados pelo mal em todos os flancos, e para isso precisamos nos armar  com uma couraça, e um capacete evitando assim a vulnerabilidade desses pontos vitais."
Esses dois - capacete e couraça - os quais Paulo se refere, compõem a nossa armadura de proteção: fé, coragem e perseverança. http://patriaespirita.blogspot.com.br/2013/06/a-tentacao.html